Geral Municípios

Acusado de aplicar mais de 100 golpes em mulheres é preso em Conquista

Um foragido da Justiça com vários mandados em aberto por crime de estelionato foi preso na manhã desta quinta-feira (11) em Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Ele é acusado de aplicar golpes em mais de cem mulheres e responde a inquéritos em vários estados do país, além de ser acusado também de roubar carros.

O acusado, que não teve nome divulgado, foi preso em fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-116. Um ônibus interestadual foi parado na altura do KM 860. Os agentes pediram documentos do motorista e de passageiros para verificar no sistema. 

A CNH apresentada por um dos passageiros, natural de Piracicaba (SP), levantou dúvidas nos policiais. Eles confiraram que o documento tinha sinais de falsificação. O passageiro usava um nome e identificação de outra pessoa para burlar a ação de fiscalização. Depois de uma conversa, o passageiro confessou que comprou a CNH por R$ 600 na Praça da Sé, em São Paulo. 

A consulta no banco de dados pelo nome verdadeiro do passageiro revelou que ele estava com vários mandados de prisão em aberto por conta de estelionatos em diversos lugares. A voz de prisão foi dada no local e ele foi encaminhado para a Delegacia de Vitória da Conquista. 

O estelionato é o artigo 171 do Código Penal e tem pena de reclusão de um a cinco anos, com multa. O artigo diz que é estelionato “obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento”.