Geral

Após reunião com ministro da saúde, Furlan diz que vacinação contra Covid-19 começa no dia 20

Prefeito de Macapá diz que data depende de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca. Municípios discutem com ministério da Saúde detalhes da campanha de vacinação
O prefeito de Macapá, Antônio Furlan (Cidadania), confirmou nesta quinta-feira (14) que o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, prevê para quarta-feira (20) em todo o país o início da vacinação contra a Covid-19.
Prefeitos dizem que Pazuello anunciou início da vacinação em todo o país para o dia 20 de janeiro
A data depende de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca. A decisão da Anvisa sai no domingo (17).
A fala de Pazuello ocorreu durante conferência com prefeitos no fim da manhã e foi confirmada por gestores de outras cidades do país. Nas redes sociais, Furlan detalhou a imunização.
“Tivemos a notícia que neste fim de semana no sábado as vacinas da AstraZeneca e da CoronaVac que pediram registro emergencial serão avaliadas e nós teremos posicionamento oficial da Anvisa. Assim no decorrer da semana, na terça-feira será lançada a campanha nacional de imunização e na quarta a campanha de vacinação de fato”, declarou.
Initial plugin text
Procurado pelo G1, o Ministério da Saúde ainda não confirmou a data. Pazuello recebeu mais de 130 prefeitos. A maioria participou virtualmente, inclusive Furlan.
O presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, Jonas Donizete, ex-prefeito de Campinas, afirmou que eventual atraso no voo que vai buscar doses de vacina na Índia pode alterar a data.
“Embora tenha sido mencionado a data do dia 20, às 10h da manhã, essa data está pendente deste dois fatores: da logística de voo e da aprovação da Anvisa”, afirmou.
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Amapá
ASSISTA abaixo o que foi destaque no AP: