Geral

Apostando na força em casa, Bahia recebe Fluminense na Fonte Nova

Colombiano Ramírez volta ao Bahia após cumprir suspensão

A caminhada do Bahia na temporada 2020 se aproxima do seu desfecho. Ao todo, restam apenas cinco jogos para definir o futuro do clube. O primeiro deles é nesta quarta-feira (3), quando recebe o Fluminense, às 21h30, na Fonte Nova, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Diante de mais um adversário carioca após empatar com o Vasco, o Esquadrão tenta escrever um final que, mesmo tendo passado longe das expectativas, tornou-se o mais feliz possível para os tricolores, com a permanência na Série A em 2021.

Com 36 pontos e só um a mais que o Fortaleza, primeiro time dentro da zona de rebaixamento, o Bahia precisa vencer para tentar ampliar a distância para o Z4 e, quem sabe até, criar uma “gordurinha” para as rodadas finais.

Por sinal, nessa reta final de campeonato, a força da Fonte Nova é que tem feito diferença para o clube. Mesmo sem o apoio dos torcedores nas arquibancadas por causa da pandemia do coronavírus, foi como mandante que o tricolor conquistou os melhores resultados na Série A. Tanto que dos últimos oito pontos somados, seis foram conquistados em casa. E é essa força que o time quer mostrar hoje contra o Fluminense.

“É continuar evoluindo como time, como grupo. Dentro da Fonte Nova temos feito bons jogos, um time mais competitivo e mais efetivo em casa. Temos tudo para fazer dois bons jogos nessas duas partidas e conseguir o resultado em casa”, disse o goleiro Douglas, lembrando que, após o Fluminense, o Bahia encara o Goiás no sábado, também na Fonte. 

Esses jogos serão seguidos de dois confrontos como visitante: um contra o Atlético-MG, que disputa o título, e outro diante do Fortaleza, rival direto na luta contra o rebaixamento. Por fim, encerra em casa contra o Santos.

Douglas, inclusive, foi protagonista de um susto no empate com o Vasco, mas já está pronto para voltar a defender o time. No domingo, o camisa 1 levou um chute do zagueiro Leandro Castán e o choque causou um corte na face e cinco pontos.

“A recuperação está sendo boa, apesar da pancada forte, do susto grande. Algumas dores posteriores normais, mas está sendo boa. […] Eu fiquei preocupado com a minha garganta, senti que ela deu uma fechada, a pressão estava grande. Mas logo chegou o doutor, eu não perdi o sentido em nenhum momento, logo foi passando e a gente foi digerindo tudo”, contou.

Adversário ajudou
Na missão de fazer o dever de casa, o Bahia encontra pela frente um rival que tem surpreendido no Brasileirão. Apontado como mero coadjuvante, ou até candidato à luta contra o rebaixamento, o Fluminense ocupa a zona de classificação à Libertadores.

O tricolor carioca é o atual quinto colocado. O momento de alta no Flu inclui três vitórias e um empate nos últimos quatro jogos.  Resultados, inclusive, que beneficiaram o próprio Bahia, já que os triunfos foram conquistados sobre times que brigam na parte de baixo da tabela: Sport, Botafogo e Goiás.

Agora, resta ao Bahia frear a sequência do adversário. “A expectativa nossa do clube e do torcedor, pelo investimento que foi feito, era estar em um momento desse do campeonato disputando uma outra parte da tabela. Mas a nossa realidade não é essa, temos que nos mostrar grandes, assumir a responsabilidade de vestir essa camisa, representar o clube, fazer um bom trabalho. Nosso objetivo a princípio é manter o Bahia na Série A, que é o lugar dele, por tudo que tem sido feito nas últimas temporadas”, finalizou Douglas.

A novidade positiva na escalação é o retorno do meia colombiano Juan Pablo Ramírez, que não enfrentou o Vasco porque estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Pelo mesmo motivo, o atacante Rossi é desfalque. O mais cotado para ficar com a vaga é o atacante Fessin, que vinha sendo titular. Outras opções são Clayson e Alesson ou ainda deslocar Ramírez para a ponta direita e manter Daniel no meio-campo.

O provável time do Bahia tem: Douglas, João Pedro, Ernando, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Ronaldo, Gregore e Ramírez; Fessin (Daniel), Gilberto e Thiago.