Geral

Barreiras fará escalonamento de horários para comércio e outros setores

Barreiras vai adotar um escalonamento para funcionamento de estabelecimentos comerciais a partir desta segunda-feira (19), por um período de 15 dias. A informação está em decreto publicado pela prefeitura na última sexta (17).

O decreto também estabelece toque de recolher das 20h às 5h. Também fica proibida a venda de bebidas alcoólicas da 0h de 23 de abril até às 5h do dia 26. 

Deverão funcionar de 7h às 17h as atividades comerciais dos segmentos de produtos veterinários e fertilizantes, oficinas e lojas de autopeças, floricultura, escritórios de advocacia, contabilidade, despachante e corretores, centro comercial, autoescolas, concessionárias e locadoras de veículos, lanchonetes, lojas de materiais e setor de construção civil.

Os bancos, lotéricas, templos, academias, papelarias, livrarias e escritórios de T.I. terão horário comercial, das 8h às 18h. 

O decreto ainda institui que óticas, relojoarias, lojas de bijuterias, lojas de colchões, tecidos, cama, mesa e banho, cosméticos e perfumaria, conveniências, artigos esportivos, armarinhos e lojas de departamentos só poderão funcionar das 9h às 18h. Já o setor de vestuário, móveis, eletrodomésticos, artigos eletrônicos, calçados, bolsas e acessórios, salões de beleza, clínicas de estética, barbearia e congêneres devem abrir às 10h com fechamento às 19h.

Os bares e restaurantes poderão funcionar das 10h às 18h, com permissão de serviço de delivery até a meia noite. A feira livre funcionará de segunda a sexta-feira, das 06h às 15h e aos sábados das 06 às 14h. O decreto ainda relaciona os estabelecimentos que não tem restrição de horário e informa que os não relacionados, poderão funcionar das 08h às 16h.

O sistema de transporte público também terá que adotar medidas no sentido de limitar a lotação, não podendo ultrapassar o limite de 50% de pessoas sentadas permitida nos veículos. A concessionária ainda deverá ampliar a frota de ônibus em circulação nos horários das 7h às 9h e das 17h às 20h, de segunda à sexta-feira.

A Vigilância Sanitária fará as fiscalizações, com apoio da Guarda Municipal.