Geral Política

Bolsas dos EUA se recuperam com balanços e alívio em temores sobre posições vendidas


Na quarta-feira (27), os três principais índices norte-americanos sofrerem sua maior queda percentual diária em três meses. Os mercados em Wall Street fecharam em alta nesta quinta-feira (28), recuperando-se de perdas acentuadas na sessão anterior, graças a um amplo rali na esteira de um forte começo para a temporada de balanços e de alívio em temores de novas vendas por fundos hedge para cobrir prejuízos em outras apostas.
O índice Dow Jones subiu 0,99%, a 30.603 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 0,976066%, a 3.787 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,5%, a 13.337 pontos.
Wall Street
Lucas Jackson/Reuters
Pesos pesados, incluindo Microsoft Corp, Amazon.com e Alphabet Inc, estiveram entre os maiores impulsos ao S&P 500, um dia depois de os três principais índices dos EUA sofrerem sua maior queda percentual diária em três meses.
Apple relatou vendas e lucro do trimestre natalino acima das expectativas de Wall Street. No entanto, as ações da fabricante do iPhone caíram 3,50%, após subirem 7,89% no acumulado do ano até terça-feira.
Com a temporada de resultados trimestrais em pleno andamento, participantes do mercado analisaram se as empresas poderiam justificar altas avaliações, com a relação preço/lucro a termo do S&P 500 perto de máximas em 20 anos, em quase 22,7.
“No geral, as surpresas têm sido positivas, ainda mais do que o normal e, no geral, as grandes empresas estão mostrando uma alavancagem operacional positiva, na qual são capazes de aumentar os lucros um pouco mais rápido do que são capazes de aumentar a receita”, disse Ellen Hazen, gestor de portfólio da FLPutnam Investment Management, em Wellesley, Massachusetts.
“Ainda é o início e estamos com apenas um terço do S&P (balanços divulgados), mas as surpresas parecem mais positivas do que o normal e isso é um bom presságio para as perspectivas para a economia e para os mercados.”
As ações de GameStop Corp e AMC Entertainment Holdings Inc caíram mais de 40%, depois de uma alta meteórica em sessões recentes, em um frenesi de negociações impulsionado pelas mídias sociais e que abalou os mercados de ações.
Plataformas de negociação, incluindo Robinhood e Interactive Brokers, restringiram a negociação de várias ações que dispararam nesta semana, aliviando preocupações sobre um efeito cascata no mercado geral.
Vídeos: Últimas notícias de economia