Saúde

Com 54,7% de população vacinada, Israel amplia lockdown contra a covid-19

Mesmo contando com mais da metade da sua população já vacinada contra a covid-19, o governo de Israel decidiu estender o lockdown que está em vigor no país até a manhã de sexta-feira (5), por conta das novas cepas do Sars-Cov-2.

Segundo o governo israelense, as novas variantes do vírus estão sobrecarregando os hospitais do país, mesmo com as medidas de proteção mais rígidas, em vigor há cerca de 30 dias. 

Além da manutenção do lockdown, Israel também prorrogou o fechamento das fronteiras do país até o dia 7 de fevereiro. Pessoas que estão autorizadas a entrar no país devem cumprir quarentena em locais específicos. 

Até anteontem (30), Israel já tinha vacinado com pelo menos um dose cerca de 54,7% da sua população, o que equivale a aproximadamente 4,8 milhões de pessoas. No domingo (31), foram confirmados 4,6 mil novos casos e 31 óbitos no país.