Geral

Com Covid em alta, Japão vai estender estado de emergência a outras partes do país


Tóquio, sede das Olimpíadas, já está em emergência. Rua de lojas em Tóquio, no Japão, nesta sexta-feira (30)
Kantaro Komiya/AP Photo
O governo do Japão aprovou nesta sexta-feira (30) um plano para colocar outras regiões do país em estado de emergência por causa do avanço da Covid-19. A capital Tóquio, sede das Olimpíadas e que vem registrando recordes de casos de coronavírus, já estava nesse patamar emergencial desde o fim de junho.
A medida terá efeito a partir de segunda-feira (2) até 31 de agosto em Osaka, Chiba, Kanagawa e Saitama — essa última, uma das subsedes do futebol nestes Jogos Olímpicos.
O estado de emergência é bem mais brando do que medidas de confinamento adotadas em outros países: apenas restringe o funcionamento de bares e restaurantes e recomenda o trabalho remoto.
O Japão vive uma onda perigosa de casos de Covid-19 , com a média móvel acima de 6,5 mil novos registros todos os dias. Mais da metade desses diagnósticos estão em Tóquio.
A vacinação demorou a começar no país asiático, e o governo japonês tenta acelerar o ritmo. Estima-se que 27% das pessoas no Japão tenham recebido as duas doses.