Geral

Com golaço no final, Vitória se classifica às semis do Nordestão

Autor do primeiro gol contra o Altos, Samuel protege a bola no Barradão

Foi com emoção. O torcedor do Vitória precisou esperar até os últimos minutos do jogo contra o Altos para comemorar a classificação às semifinais da Copa do Nordeste. O rubro-negro não estava inspirado na noite deste sábado (17). Muito pelo contrário. Teve dificuldades para encontrar espaços, apresentou pouca criatividade e em alguns momentos viu o adversário piauiense ser superior em campo.

Para avançar às semifinais do Nordestão, algo que não acontecia desde 2017, o maior campeão do torneio regional, com quatro títulos, contou com o talento de um jogador revelado no clube. Titular no começo da temporada, Eduardo não entrava em campo havia quase dois meses. Recuperado de contusão, ele deixou o banco de reservas para garantir a classificação rubro-negra aos 44 minutos da etapa final. 

O Vitória vai disputar o jogo único das semifinais contra Ceará ou Sampaio Corrêa, que se enfrentam pelas quartas de final no domingo (18), às 16h, no estádio Castelão, em Fortaleza. 

NOVIDADE NO GOL

Pela primeira vez na temporada, Ronaldo foi escalado para um jogo do Vitória. Titular absoluto em 2020, o goleiro ainda não tinha entrado em campo porque está em processo de renovação de contrato com o clube. O vínculo atual é até dezembro deste ano. Sem ritmo, o arqueiro apresentou algumas falhas diante do Altos. 

Antes da bola rolar contra o time do Piauí, o Vitória emitiu uma nota informando que Lucas Arcanjo, que vinha defendendo as traves do rubro-negro, sofreu uma fratura em um dos dedos da mão esquerda e foi vetado pelos médicos. A previsão de recuperação é de 21 dias. 

A outra opção era Yuri, que ficou no banco de reservas durante o jogo, e foi o titular nas quatro primeiras partidas da temporada.   

SEM ESPAÇO

A primeira boa oportunidade do jogo foi do Altos. Após 10 minutos de bola rolando, Tiaguinho cobrou escanteio, Dos Santos desviou e a redonda foi no travessão. O Vitória só chegou com perigo aos 21 minutos, mas não desperdiçou a oportunidade. Em jogada pela esquerda, David cruzou e Samuel, de cabeça, abriu o placar no Barradão: 1×0.

Foi o quinto gol do centroavante rubro-negro na Copa do Nordeste. Ele aparece em terceiro lugar no ranking de artilheiros do regional. Apenas Gilberto, do Bahia, com sete tentos, e Dellatorre, do CSA, com seis, marcaram mais vezes.  

A equipe rubro-negra não comemorou por muito tempo, já que quatro minutos depois o Altos igualou o marcador. Aos 25, Tiaguinho cobrou falta, Ronaldo espalmou para o meio da área, Lucas Campos aproveitou o rebote e estufou a rede: 1×1.

Antes do intervalo, Samuel teve a chance de colocar o Vitória na frente outra vez. Após receber cruzamento de Ruan Nascimento, o centroavante dominou e mandou de bicicleta, mas o goleiro Mondragon defendeu. 

A BASE RESOLVE

As primeiras investidas da etapa final foram do Vitória. Alisson Farias lançou Pedrinho, o lateral entrou na área e mandou a bola perto da trave. Depois, David avançou pela esquerda e tocou para Alisson Farias, que dominou e carimbou a trave.

O Altos tentou reagir com Tiaguinho. Ele cobrou falta no canto, mas Ronaldo conseguiu espalmar. O único gol do segundo tempo estava reservado para um jogador que começou a partida no banco de reservas.

Recuperado de contusão, Eduardo assinou, aos 44 minutos, o gol que garantiu a classificação do Leão às semifinais da Copa do Nordeste. Soares serviu o prata da casa e ele não desperdiçou a chance. Acertou o ângulo e comemorou emocionado o golaço: 2×1.

PRÓXIMO JOGO

O Vitória volta a campo na quarta-feira (21), quando enfrenta a Juazeirense, pela 8ª rodada do Campeonato Baiano. A bola rola às 19h30, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. 

FICHA TÉCNICA

Vitória 2×1 Altos – Quartas de final da Copa do Nordeste 

Vitória: Ronaldo, Raul Prata, Marcelo Alves, Wallace Reis e Pedrinho (Roberto); Gabriel Bispo, Cedric (Soares) e Alisson Farias (Eduardo); Ruan Nascimento (Ygor Catatau), Samuel e David (Wesley). Técnico: Rodrigo Chagas.

Altos: Mondragon, Gean, Reinaldo Lobo e Leandro Amorim; Tiaguinho, Ray, Dos Santos e Netinho (Cesinha); Lucas Campos, Manoel e Klenisson (Nickson). Técnico: Fernando Tonet.

Estádio: Barradão, em Salvador
Gol: Samuel, aos 21 minutos, e Lucas Campos, aos 25, do 1º tempo; Eduardo, aos 44 minutos do 2º tempo.
Cartão amarelo: Klenisson, Gean, Marcelo Alves, Gabriel Bispo, Leandro Amorim e Eduardo.
Arbitragem: Leo Simão Holanda, auxiliado por Cleberson do Nascimento Leite e Nailton Junior de Sousa Oliveira (Trio do Ceará).