Geral

Depois de protesto, adultos e crianças cruzam fronteira de Uruguaiana para Argentina


Caso é uma exceção, segundo o consulado argentino que fica na cidade gaúcha. No sábado (9), ponte que liga Brasil à Argentina ficou duas horas bloqueadas por manifestantes. Adultos e crianças atravessam fronteira por Uruguaiana e voltam para Argentina neste domingo (10)
Arquivo Pessoal
Na manhã desse domingo (10) dezesseis pessoas, que aguardavam para retornar à Argentina desde o final do ano passado, conseguiram cruzar a fronteira por Uruguaiana. No sábado (9), houve um protesto após prorrogação de restrição de entrada na Argentina, e a ponte que liga os países chegou a ficar bloqueada.
A liberação para o grupo só foi possível porque o consulado argentino em Uruguaiana abriu uma exceção. De acordo com o órgão isso não deve se repetir, ou seja, se mais pessoas que não se encaixam nos critérios chegarem a Uruguaiana para cruzar à Passo de Los Libres, não será permitido seu ingresso ao país vizinho.
De acordo com a prorrogação no decreto do país vizinho está restrita a entrada de pessoas pela fronteira terrestre até 31 de janeiro. Podem entrar somente moradores, naturais da Argentina ou não, que tenham saído do país entre 1ª de abril até 25 de dezembro do ano passado.
“Conseguimos hoje atravessar a ponte pra Argentina. queremos agradecer a Polícia Federal, também aos caminhoneiros e pedir desculpas. E bom, já estamos a caminho de nossos destinos”, diz o pintor Guillermo Alejandro.
Ponte que liga Brasil à Argentina ficou duas horas bloqueadas por manifestantes que protestaram contra a restrição de entrada no país
Reprodução
Os manifestantes agradeceram o apoio que receberam da Polícia Rodoviária Federal que auxiliou no acordo feito com as autoridades argentinas durante o protesto.
Segundo relatos, as crianças que estavam junto com o grupo puderam ficar dentro de um veículo da Polícia Rodoviária Federal para se proteger do sol. Também elogiaram a atitude dos caminhoneiros que estavam próximos por ceder comida e água.
Protesto após restrição de entrada na Argentina bloqueia ponte em Uruguaiana