Geral

Dois agentes do FBI são mortos após troca de tiros com homem investigado por pornografia infantil


Homem suspeito de balear os policiais foi morto. Há mais três agentes feridos, segundo a polícia federal americana. a
Joe Cavaretta/South Florida Sun-Sentinel/AP
Dois agentes do FBI, a polícia federal americana, foram mortos – e outros três ficaram feridos – após serem baleados nesta terça-feira (2), após troca de tiros com um homem investigado por ter ligações com pornografia infantil na Flórida, Estados Unidos.
Eles cumpriam um mandado de busca e apreensão contra o suspeito, que teria baleado os policiais. O homem investigado foi morto durante a ação, segundo a polícia federal americana.
“O FBI está analisando a troca de tiros que ocorreu nesta manhã, aproximadamente às 6h, em Sunrise, Flórida”, disse a instituição em um comunicado.
Investigadores vão a lugar onde dois agentes do FBI foram mortos durante ação na Flórida em 2 de fevereiro de 2021
Marta Lavandier/AP
As identidades dos agentes mortos não foram divulgadas pela polícia federal dos EUA. E dois, dos três agentes feridos durante a ação foram levados para um hospital próximo.
“Uma equipe de policiais estava lá para executar um mandado de busca e apreensão ordenado por um tribunal federal em um caso de crimes violentos contra crianças”, disse o FBI.
Michael D. Leverock, agente especial do FBI em Miami, disse à agência Associated Press que o homem se recusou a receber os agentes e que chegou a bloquear a entrada de sua casa com uma barricada.
Segundo o jornal regional “South Florida Sun Sentinel”, citando fontes da justiça de Fort Lauderdale, o suspeito era conhecido por ter ligações com pornografia infantil.
VÍDEOS mais vistos do G1