Geral Política

Fausto Franco revela que o governo deve divulgar neste mês o impacto financeiro da pandemia no verão da Bahia

O secretário de Turismo da Bahia, Fausto Franco, classificou a ausência de público na lavagem do Bonfim, motivada pelas restrições aos atos que podem provocar aglomeração e a disseminação do novo coronavírus, como uma imagem que “choca”. Ele foi entrevistado pelo BNews na Colina Sagrada.  Ao redor da Igreja do Bonfim, Fausto afirmou que “em condições normais nunca vimos essa área tão vazia, ainda mais se encontrando no dia de hoje”. Ele classificou o vazio de público como “algo sem precedente na história” e “uma imagem que nunca esperávamos ver”. 

O secretário de turismo da Bahia foi questionado se ainda seria possível termos carnaval e São João em 2021, já que a tendencia é de que até junho tenha início um processo amplo de vacinação no paí. Em resposta, Franco pontuou que não enxerga como existir festas que possam gerar aglomeração ainda em 2021. 

“O que eu digo e reitero é que eu não enxergo como existir festa de aglomeração no formato que nós conhecemos no ano de 2021. Se a gente vai ter um carnaval de lives, um show em drive-in e tal, eu acho incrível, maravilhoso e que a gente precisa ter; mas não é um formato que eu, pelo menos, conheço de carnaval, de São João e de festa de aglomeração, vide o que estamos presenciando aqui na festa do Bonfim hoje. Importante esclarecer os fatos”, destacou o secretário de Turismo da Bahia. 

Impacto Financeiro

O secretário de Turismo revelou que nos próximos 10 dias o governo do Estado deve estar divulgando o impacto financeiro da pandemia do novo coronavírus no verão da Bahia.

“Estamos fechando os números junto com a Sei, ligada à secretária de Fazenda, mas posso adiantar que os números identificados passam de um bilhão de reais, mas acho que será bem maior. Estamos fechando os números e acho que mais uns 10 dias o governo pode anunciar isso de forma mais precisa, mas os números serão impactantes. São da perda de arrecadação em relação à pandemia no verão no estado”.

Reforma Administrativa

Sob gestão do Partido Liberal (PL), a pasta do Turismo é apontada como uma das que deve sofrer alteração na Reforma Administrativa que o governador Rui Costa (PT) deverá promover ainda neste mês. Questionado se seguiria na pasta, Fausto Franco respondeu: “Quem nomeia e quem exonera, no governo, é o governo Rui Costa através do Diário Oficial, fora isso são especulações. Na última conversa que tivemos sobre esse assunto ele me disse: “trabalhe”; e eu tenho trabalhando diuturnamente em função do turismo do estado. Fora isso, quem pode responder é o próprio”.              

Leia mais em:

Vídeo: Sob aplausos, imagem do Bonfim chega a igreja da Conceição da Praia

Fiéis se reúnem na Igreja da Vitória para acompanhar imagem do Senhor do Bonfim