Geral

Governo Biden abre investigação sobre a polícia de Mineápolis após condenação de Derek Chauvin

Departamento de Justiça dos EUA vai avaliar se a polícia local, onde George Floyd foi morto, usa força excessiva com frequência. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu uma investigação nesta quarta-feira (21) para avaliar se a polícia de Mineápolis, onde George Floyd foi morto, usa força excessiva com frequência.
A investigação deve levar a um acordo entre o governo federal e o local, uma ferramenta que o governo Obama usou repetidamente para lidar com atos de má conduta policial, segundo o jornal “The New York Times”.
O anúncio foi feito pelo procurador-geral do país, Merrick Garland, um dia após o ex-policial Derek Chauvin ser condenado pelo assassinato de Floyd.
Em uma rara condenação à violência policial nos EUA, Chauvin foi condenado pelo tribunal do júri pelas três acusações da promotoria.
Garland afirmou que a investigação foi aberta “para determinar se o departamento de polícia de Mineápolis se envolve em um padrão ou prática de policiamento inconstitucional ou ilegal”.