Geral

Hapvida negocia fusão com Notre Drame Intermédica que pode criar negócio de cerca de R$100 bilhões

Plano prevê que os acionistas da Hapvida teriam 53,1% da empresa combinada, enquanto os da Notre Dame Intermédica ficaram com os 46,9% restantes. Fusão pode criar a segunda maior companhia do ramo no país. As empresas de saúde Hapvida e Notre Dame Intermédica confirmaram nesta sexta-feira (8) que estão negociando uma fusão, o que pode dar criar a segunda maior empresa do ramo no país, num negócio de cerca de R$ 100 bilhões.
Em fato relevante, a Hapvida afirmou que “apresentou aos membros do conselho de administração da Notre Dame Intermédica (…) proposta não vinculante para uma potencial combinação dos negócios”.
A proposta envolve um prêmio de 10% sobre ação da Intermédica no período de 20 dias de negociação antes de 21 de dezembro. O plano prevê que os acionistas da Hapvida teriam 53,1% da empresa combinada, enquanto os da Notre Dame Intermédica ficaram com os 46,9% restantes.
As ações das duas, que já vinham em forte alta desde o início do dia, ampliaram ganhos. No momento do anúncio, o papel da Notre Dame Intermédica subia 22,6%, enquanto o da Hapvida disparava 19,6%.
Vídeos: Últimas notícias de economia