Geral

Horóscopo de sexta: Na humanidade, a força cega dos instintos

Data estelar: Marte ingressa em Câncer; Lua cresce em Virgem.

Tecnicamente, o ser humano não funciona sobre os instintos, porque, apesar de, por exemplo, sentir a fome e essa ser uma força que produz movimento, ela não informa como fazer para a satisfazer. A fome, por si só, não te dirá o que comer, tu terás de escolher que tipo de dieta fazer, e como te acertar para obter os alimentos, ou, inclusive, não te alimentar se não quiseres. Isso não significa que os instintos não existam na humanidade, estão todos aí, mas com destino aberto, muito diferente dos animais. O leão, por exemplo, não escolhe alimentos, ele não tem a opção do veganismo, apenas segue cegamente seu instinto e se alimenta. Na humanidade, a força cega dos instintos está aí, disponível, e com a entrada de Marte em Câncer ficará mais evidente mas, com certeza, não é ela que torna nossa humanidade mais humana.

ÁRIES: Há raivas que não passam, mas ficam encarnadas em algum lugar recôndito da alma, aguardando por algum acontecimento, que pode ser muito leve e banal, que lhe sirva de gatilho para explodir e soltar as rédeas da raiva.

TOURO: Palavras duras não resolverão, mas complicarão. Porém, como fazer para se lembrar disso na hora em que a boca vomita palavras sem nem mesmo perceber que isso está acontecendo? Conter os impulsos seria necessário.

GÊMEOS: Conforto e segurança, é o que sua alma precisa. Porém, nada mais difícil de encontrar do que essas condições, pois, o mundo anda tão incerto que nada é seguro, e as pessoas tão apreensivas, que não brindam com conforto.

CÂNCER: O pavio vai ficando curto e a apreensão aumenta, mas nada do que acontece ao seu redor pareceria ser a causa específica dessa situação. É algo que vem de dentro e que precisa ser localizado com muito discernimento.

LEÃO: Agora começa um tempo em que será mais difícil que de costume fazer com que sua vontade prevaleça, tendo de se submeter às circunstâncias reinantes. Procure seguir o fluxo da vida, nada imponha a ninguém.

VIRGEM: Nem sempre é possível estabelecer harmonia nos relacionamentos de trabalho, porque em certos momentos, como agora, é preciso bater na mesa e chamar a atenção para as distorções que precisam ser retificadas. Aí sim.

LIBRA: A melhor maneira de descarregar essa energia que se acumulou em seu interior, e que se manifesta como apreensão e ansiedade, é você trabalhar como nunca antes na vida. Não importa com o quê, apenas trabalhe muito.

ESCORPIÃO: Falar alto não lhe outorgará a razão. É uma tentação elevar o tom da voz para se fazer entender, mas com certeza, isso seria contraproducente. Procure embasar bem as suas opiniões e pontos de vista, isso sim.

SAGITÁRIO: A vontade de chutar o balde aumenta e sua alma pode cair nessa tentação a qualquer momento, porém, os resultados disso seriam incertos, nem sequer o alívio buscado aconteceria. Hora de pensar no que fazer.

CAPRICÓRNIO: Cuide para que os desentendimentos não se transformem em brigas, porque neste momento essas tomariam uma proporção maior do que a causa que as teria provocado. Isso não seria bom para nenhuma das partes.

AQUÁRIO: Tudo dará mais trabalho que de costume, mas se você se munir de boa vontade e humor, então você colherá, também, mais frutos dos que normalmente aconteceriam. É um momento cheio de potencialidades, aproveite.

PEIXES: A distração não é um pecado, é uma necessidade da alma diante da complexidade do cenário com que precisa lidar, e a impossibilidade de tomar iniciativas eficientes de imediato nesse sentido. Distração necessária.