Geral

Jogador de golfe Tiger Woods é hospitalizado após acidente de carro nos EUA


Ele estava sozinho no carro quando aconteceu o acidente. No momento, ele passa por cirurgia e tem ferimentos nas pernas, segundo seu agente. Tiger Woods passa por cirurgia nas pernas após acidente de carro, diz agente
O jogador de golfe Tiger Woods, de 45 anos, foi hospitalizado nesta terça-feira (23) após sofrer um acidente de carro perto de Rancho Palos Verdes, na Califórnia. Ele teve de ser retirado das ferragens por socorristas e tem vários ferimentos nas pernas, informou seu agente. O atleta passa por cirurgia.
Woods era o único ocupante do carro quando bateu, logo depois das 7h (hora local). O veículo foi bastante danificado.
O Corpo de Bombeiros do Condado de Los Angeles informou em rede social que ele foi transportado do local em “condições sérias”.
Tiger Woods sofre acidente de carro na Califórnia, nos EUA
Reprodução/GloboNews
Ele foi levado para um hospital local de ambulância. “Tiger Woods sofreu um acidente de carro esta manhã na Califórnia e sofreu vários ferimentos nas pernas. Ele está atualmente em cirurgia e agradecemos sua privacidade e apoio”, disse o agente de Woods, Mark Steinberg.
Tiger Woods comemora vitória no Masters 2019, em abril daquele ano
Brian Snyder/Reuters
Imagens aéreas do local do acidente mostram o veículo de Woods caído a cerca de 30 metros da estrada, tombado de lado. Fontes policiais disseram ao jornal “Los Angeles Times” que Woods estava viajando em alta velocidade e perdeu o controle do veículo. O veículo então teria virado várias vezes antes de parar na posição em que foi encontrado.
O acidente ocorreu em um trecho íngreme e cheio de curvas da Hawthorne Boulevard, uma estrada importante que corta a região da Península de Palos Verdes.
Tiger Woods participa de torneio em Augusta, na Geórgia, em novembro de 2020
Mike Segar/Reuters
Não é a primeira vez que Tiger Woods sofre um acidente de carro.
Em 2009, ele se envolveu em outro acidente perto de sua casa na Flórida. Em seguida, surgiram notícias de que ele havia sido infiel à esposa. Essa situação levou Woods a perder patrocinadores e ele fez uma pausa no golfe para tratar das questões de sua vida privada.
Em 2017, ele chegou a ser preso quando policiais o encontraram desmaiado ao volante. Tiger disse que havia tomado medicamentos e não percebeu o efeito que poderiam ter sobre ele.
Ele se declarou culpado de direção imprudente devido ao incidente.
A prisão de 2017 foi vista como um momento decisivo para Woods, cuja carreira extremamente bem sucedida entrara em declínio. Menos de dois anos depois Woods venceu o Masters, seu primeiro campeonato importante desde o Aberto dos Estados Unidos de 2008.
Woods foi submetido no mês passado a uma cirurgia nas costas, a quinta do tipo ao longo de sua carreira. Ele previa voltar aos campos de golfe em abril, na disputa do Masters no Nacional de Augusta, mas ainda não tinha certeza se estaria liberado pelos médicos.