Geral

Mãe de um dos meninos desaparecidos na Baixada diz que imagem em câmera pode ser de seu filho


Imagens de uma câmera de segurança, que já estavam com a polícia, mostram três meninos circulando por uma praça na região. As mães dos três meninos desaparecidos em Belford Roxo estiveram mais uma vez na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) em busca de informações nesta sexta-feira (8).
Os agentes da DHBF voltaram ao local em que os meninos teriam sido vistos pela última vez. Os investigadores foram até um bar no bairro Areia Branca. Lá, o dono do estabelecimento afirmou aos policiais que viu as crianças no dia 28 de dezembro, um dia depois de elas terem saído de casa sem retornar.
Imagens de uma câmera de segurança, que já estavam com a polícia, mostram três meninos circulando pela praça. O dia e a hora batem com a versão do dono bar.
Na semana passada, as famílias viram as mesmas imagens na delegacia e não reconheceram as crianças, mas, nesta sexta-feita, uma das mães disse que o menino de short azul que aparece nas imagens pode ser o filho que ela procura.
Lucas Matheus (8 anos), o primo dele Alexandre da Silva (10 anos) e Fernando Henrique (11 anos) saíram de casa no dia 27 de dezembro, por volta das 10h30, para brincar no campo de futebol ao lado do condomínio onde moram, no bairro Castelar.
De acordo com as famílias, os meninos estavam acostumados a brincar sozinhos. No início da tarde, por volta das 14h, eles costumavam voltar para casa para almoçar, mas não retornaram.
Lucas Matheus, 8 anos; Alexandre da Silva, 10 anos; e Fernando Henrique, 11 anos, desapareceram no domingo (27)
Reprodução/TV Globo

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário