Geral

Mesmo com fechamento do comércio, BHTrans diz que quadro de horários de ônibus segue inalterado


Já o metrô terá mudança nos horários e aumento de intervalo entre as viagens. Passageiros reclamam da superlotação dentro dos ônibus em BH
Reprodução/TV Globo
O quadro de horário de ônibus deve se manter inalterado a partir da próxima semana, mesmo com o fechamento de serviços não essenciais em Belo Horizonte. A informação foi confirmada pela BHTrans ao G1 nesta sexta-feira (8).
Apesar de não ter previsão para mudanças no transporte coletivo, a BHTrans não descartou que possa ter “ajustes pontuais” no número de viagens programadas. “A operação da próxima segunda-feira será avaliada para novas adequações, caso necessário”, informou em nota.
Os ajustes no número de viagens conforme a demanda ocorrem desde o início da pandemia. Apesar da determinação de distanciamento social, os ônibus andaram lotados. Mais de 17 mil autuações foram emitidas por este motivo. Nenhuma multa foi paga.
Mesmo reduzindo o número de viagens e ônibus circulando com passageiros acima do limite, as empresas que controlam o transporte coletivo na capital mineira alegaram prejuízos de R$ 300 milhões.
Compra de vale-transporte
Em abril do ano passado, a prefeitura fechou um acordo para fazer compras antecipadas de vale-transporte e “ajudar” financeiramente as empresas. Em dezembro, um novo trato foi feito, desta vez para compra de até R$ 54 milhões em vale-transporte, o que custearia passagens dos servidores por até cinco anos.
O acordo, mediado pelo Tribunal de Justiça e Ministério Público, chamou a atenção do Ministério Público de Contas, que abriu investigação sobre o caso.
Segundo o MPC, apesar da queda no número de passageiros, as empresas não comprovaram os prejuízos alegados.
Metrô anuncia mudança de horários
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que o metrô passará a circular das 5h40 às 11h30 e das 15h30 às 21h30, diariamente. Todas as 19 estações estarão abertas.
A operação ocorrerá com trens acoplados de oito carros, intercalados com composição de quatro. De segunda a sexta, o intervalo será de 14 minutos. Já aos fins de semana, serão de 20 a 30 minutos.
A CBTU reforçou que permanece obrigatório o uso de máscara sobre o nariz e a boca em todas as estações e dependências do metrô, por tempo indeterminado.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 Minas nos últimos 7 dias: