Geral

Moody’s mantém nota AAA para a Alemanha, a maior possível e com perspectiva estável


Agência avaliou que a maior economia da Europa é suficientemente forte para absorver as consequências da crise da Covid-19. Homem com máscara é visto deixando centro de vacinação contra Covid-19 em Frankfurt, na Alemanha, na quinta-feira (28)
AP Photo/Michael Probst
A agência de classificação de risco Moody’s manteve nesta sexta-feira (29) a nota AAA da Alemanha, a maior possível, assim como sua perspectiva estável.
A agência avaliou que a maior economia da Europa é suficientemente forte para absorver as consequências da crise da Covid-19.
A Moody’s destaca “a grande capacidade da Alemanha em aplicar políticas orçamentárias efetivas e mobilizar suas grandes reservas orçamentárias para limitar o impacto da Covid-19”, assim como sua “vasta e muito competitiva economia”, que gera rendimentos per capita muito elevados.
A agência também saudou a solidez institucional do país.
A perspectiva também se mantém estável porque, segundo a Moody’s, “os riscos à baixa (…) são efetivamente mitigados por sua fortaleza econômica, seus parâmetros orçamentários muito favoráveis e a capacidade das instituições do país para gerenciar choques e assumir os desafios de longo prazo”.