Geral

Mulher é sequestrada em Vila Velha, ES, e corpo é encontrado na Rodovia Leste Oeste, em Cariacica


O corpo de Thiara Pereira de Biase de Medeiros, de 36 anos, foi identificado pelo companheiro dela, que também foi alvo de uma tentativa de homicídio. Segundo ele, a mulher havia sido sequestrada na casa onde o casal morava. Investigadores da Polícia Civil estiveram no local onde corpo foi encontrado, na Rodovia Leste-Oeste, em Cariacica.
Reprodução/TV Gazeta
O corpo de uma mulher foi encontrado em um matagal às margens da Rodovia Leste-Oeste, na altura do bairro Santa Catarina, em Cariacica, na Grande Vitória, na noite desta terça-feira (5). 
De acordo com a Polícia Civil, a vítima é Thiara Pereira de Biase de Medeiros, uma catadora de materiais recicláveis de 36 anos, que havia sido sequestrada na tarde do mesmo dia dentro de sua casa, no bairro Jardim Guaranhuns, em Vila Velha. 
O reconhecimento de Thiara foi feito pelo companheiro dela, de 41 anos, que também trabalha com materiais recicláveis. O homem contou aos policiais que na tarde desta terça, os criminosos invadiram a casa do casal e levaram Thiara. Ele afirma que foi impedido de acionar a polícia, já que os criminosos ficaram rondando a residência. 
Horas depois, por volta das 21 horas, o homem também foi vítima de uma tentativa de assassinato. Ele foi levado para o hospital depois de ser atingido por um tiro no braço e um tiro de raspão na cabeça. 
Após a polícia receber denúncias de que o corpo de uma mulher havia sido encontrado às margens da rodovia Leste-Oeste, os investigadores que atenderam à ocorrência entraram em contato com os policiais que atuavam no caso do homem baleado.
Por meio de fotos, o companheiro reconheceu o corpo de Thiara, que deixa três filhos. 
Moradores contaram para a polícia que ouviram vários tiros em um bairro vizinho. Minutos depois, o corpo de Thiara foi encontrado no matagal. Ela foi morta com pelo menos dez tiros.
A polícia suspeita que os assassinos usaram um carro para levá-la até o local onde ela foi encontrada,  já que marcas de pneus foram identificadas na região. 
Em depoimento, o catador de recicláveis informou que a intenção dos criminosos era matar ele e a esposa, a fim de usar a casa onde os dois moravam como um ponto de tráfico de drogas.
O crime será investigado pela Polícia Civil. 
VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo