Geral Política

Músico juazeirense debocha do toque de recolher na Bahia e vai para Pernambuco

Wander gravou vídeos curtindo noite em bar de Petrolina, cidade vizinha a Juazeiro

Dois vídeos de um homem debochando do toque de recolher nas cidades baianas está circulando na internet. Na gravação compartilhada nas redes sociais, o músico juazeirense identificado apenas como Wander, guitarrista da banda Doctor Blues, provoca o governador Rui Costa e o decreto estadual, que prevê restrições no período das 22h às 5h.

Em uma das gravações, ele chama a cidade de Juazeiro de “periferia” e diz que vai beber no “bairro” nobre, se referindo à cidade pernambucana de Petrolina, que faz divisa com o município baiano.

“Governador Rui Costa. O senhor fechou a periferia. Para fechar a cidade de Juazeiro, Bahia, você tem que fechar Petrolina também porque graças a vocês que estão há 12 anos no poder, nós somos apenas a periferia da cidade. Se o senhor fecha Juazeiro, está fechando só a periferia. A gente vem beber no bairro nobre, Petrolina”, provoca. 

Ao CORREIO, o Governo do Estado se posicionou em relação às declarações:

“A Secretaria Estadual de Comunicação (Secom) considera lamentável, irresponsável e egoísta a atitude deste cidadão, num momento em que a Bahia está com hospitais lotados de vítimas da Covid e enfrenta alta no número de casos”, diz o comunicado.

No vídeo divulgado pelo músico aparecem pessoas aglomeradas em um evento com música ao vivo. Todos que estão próximos a Wander não fazem o uso da máscara.

Já em outra gravação, o músico continua os comentários e afirma que se o governador vai “quebrar” os músicos e comerciantes de Juazeiro, ele vai gastar dinheiro em Petrolina.

“Nós somos da parte rica de Juazeiro, que é a cidade de Petrolina. Então, o senhor fecha a periferia de Juazeiro, que há 12 anos é periferia de Petrolina, e a gente vem beber na parte rica. O senhor (governador) quebra músicos, comerciantes de Juazeiro e a gente vem gastar o nosso dinheiro no bairro nobre, que é Petrolina”, comenta o homem. 

Toque de recolher
O toque de recolher foi adotado nesta sexta-feira (19) e vale para 343 cidades do estado pelos próximos seis dias. Somente ficam de fora as regiões de Irecê, Jacobina e no oeste do estado, onde as taxas de ocupação dos leitos de UTI não são alarmantes. Além de bares e restaurantes, shoppings e postos de gasolina que vendem bebidas alcoólicas são alguns dos estabelecimentos que devem estar fechados e vazios às 22h.

Pelo decreto, os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as atividades até as 21h30, para garantir o deslocamento dos funcionários e colaboradores às suas residências. Entregas a domicílio só serão permitidas para as farmácias.