Geral

Novonor nega venda da construtora OEC; desejo é por sociedade e investidores

Braço de contrução da Novonor, OEC atua em diversos países, como no Panamá

A Novonor negou, nesta quarta-feira (3), que a construtora Odebrecht Engenharia e Construção esteja à venda. A notícia circulou em alguns veículos de imprensa. No entanto, a Novonor divulgou comunicado onde nega a venda. De acordo com a conglomerado empresarial, a ideia é ter sócios ou investidores para determinados projetos, sem que isso represente a venda do controle do braço de engenharia e construção da Novonor.

“A Novonor esclarece que não está vendendo a sua controlada OEC. Considera ter sócios ou investidores para determinados projetos, áreas de atuação ou geografias, sem que isso signifique de maneira alguma venda do controle do negócio de engenharia e construção. Esta foi a origem do Grupo Novonor, e é hoje um dos nossos principais pilares”, disse a Novonor por meio de comunicado divulgado à imprensa.

A Novonor é uma das maiores empresas de construção do Brasil e está presente em mais de 21 países. Antiga Odebrecht, a Novonor adotou o novo nome no final de 2020, quando finalizou um grande processo de reestruturação.