Geral Saúde

OMS aprova uso emergencial da vacina de Oxford

Autorização serve para duas versões da vacina: uma produzida pela AstraZeneca, na Coreia do Sul, e a outra pelo Instituto Serum, na Índia. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou, nesta segunda-feira (15), o uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19. Duas versões da vacina entraram na lista de uso emergencial da entidade: a produzida pela própria AstraZeneca, na Coreia do Sul, e a outra pelo Instituto Serum, na Índia.
Com a entrada na lista, as vacinas poderão ser oferecidas por meio da plataforma Covax, iniciativa da OMS para garantir o acesso equitativo às vacinas da Covid a países mais pobres.
Apenas uma outra vacina, a da Pfizer, já havia entrado na lista da OMS de uso emergencial.