Geral

Para conter avanço da covid-19, Paulo Afonso decreta toque de recolher até fevereiro

A prefeitura de Paulo Afonso, no norte da Bahia, decretou, desde a noite desta sexta (29), um toque de recolher na cidade. A medida é para conter o avanço de contaminação do coronavírus no município. De acordo com o decreto municipal é proibido permanecer em vias públicas das 23h às 5h da manhã, além de outras medidas. A Vigilância Sanitária do município fiscalizou, especialmente, o cumprimento do horário de fechamento dos bares e restaurantes da cidade. 

No primeiro dia de decreto, as ruas ficaram vazias na cidade. De acordo a prefeitura de Paulo Afonso, 78% dos leitos  de UTI da cidade estão ocupados. A taxa de ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Semi-Intensiva (UTSI) é de de 62,5%, de acordo com boletim divulgado na final da tarde de sexta (29). O decreto do toque de recolher vale até o dia 12 de fevereiro.

Paulo Afonso é uma das cidades com mais índices de aplicação das doses de vacinas recebidas na Bahia. De acordo com a prefeitura, foram recebidas 1.706 doses de vacinas, e até as 15 horas deste sábado (30), 1.526 pessoas já foram imunizadas.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário