Geral Municípios

Prefeitura de Salvador garante 20 novos leitos de UTI e aumenta doses da vacina express  

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou, hoje (8), que garantirá 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para covid-19 na capital baiana para impedir um colapso no sistema de saúde. Dessa forma, o número de leitos de UTI em Salvador é o mesmo de quando a cidade enfrentava o pior momento da primeira onda do novo coronavírus. “Estamos abrindo 20 novos leitos de UTI para trazer mais segurança e para a gente evitar que tenha um risco de colapso na saúde. Reabrindo esses 20 leitos, nós reestabelecemos aquele número que tínhamos no auge da pandemia em Salvador, na primeira onda”, explica Bruno Reis, durante coletiva no 5º Centro, nos Bairris, na manhã de hoje (8). Os leitos serão abertos até o final desta semana.  

O prefeito ainda disse que iria adotar essa medida antes, mas não foi necessário, por conta da estabilidade dos números e alto custo de manutenção. “Iríamos fazer isso em janeiro. Não fizemos porque os números estiveram estabilizados em, no máximo, 70%, chegando a cair para 62%. Quando chegou muito, chegou a 72%. Com esses leitos funcionando, tem um custo de R$ 2.400 a diária do leito ocupado. Sendo que o governo federal ajuda com R$ 1.600 e a prefeitura tem que colocar R$ 800”, esclarece o prefeito.  

Bruno também anunciou a ampliação da vacina express. O serviço dá a possibilidade de idosos acamados e que não estão em condições de se locomover até as os postos de saúde, de receberem a vacina. Antes, estavam disponíveis 100 vacinas express por dia. Agora, a prefeitura ampliou para 250. “A vacina express é um sucesso. Quando o idoso recebe em casa a nossa equipe e é vacinado, recebemos sempre depoimentos e ligações até dos familiares para o 156 ou para a nossa equipe de saúde, pela qualidade e pontualidade do serviço. Isso traz uma comodidade para o idoso, principalmente os idosos que tem dificuldade de se deslocar e que não querem e não podem nesse momento correr risco”, afirma o prefeito.  

A solicitação pode ser feita pelo site www.vacinaexpress.saude.salvador.ba.gov.br. As equipes volantes da prefeitura têm capacidade de atender até 70 agendamentos domiciliares por dia, priorizando a tabela definida pelas idades. 

Reis ainda ressalta o aumento do orçamento da saúde nesses meses de pandemia. Em média, a prefeitura gastava, por mês R$ 36 milhões. Com a pandemia, além dos R$ 36 milhões, a gestão adicionou R$ 26 milhões extra. “É quase um outro orçamento da saúde para o enfrentamento da pandemia. Tudo isso é investimento na saúde, é investimento para salvar vidas”, salienta. No ano passado, segundo o prefeito, foram investidos 22% do orçamento do município na área da saúde, 7% a mais do que o exigido pela constituição.  

*Sob orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro