Geral

Prefeitura faz vistorias por acessibilidade em equipamentos públicos municipais

O Jardim Botânico de Salvador, em São Marcos, foi alvo de vistoria realizada pela Unidade de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (UPCD), vinculada à Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre). A ação, realizada nesta quarta-feira (3), teve objetivo de garantir os direitos das pessoas com deficiência de utilizarem os equipamentos.  

Administrado pela Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), o local foi avaliado positivamente quanto aos itens acessíveis, necessitando apenas de ajustes na sinalização. “Esta ação da UPCD é necessária para dar igualdade de acesso a todos, levando a acessibilidade a sério”, ressaltou o engenheiro agrônomo do espaço, Carlos Henrique Gaspar.

Além do Jardim Botânico, outros equipamentos públicos municipais também recebem este tipo de ação. Somente em 2020, 194 deles receberam intervenções que viabilizaram melhorias na acessibilidade. Desde 2017, mais de 260 locais foram vistoriados – 194 deles apenas em 2020 -, incluindo unidades de saúde, Centros de Referência e Assistência Social (Cras) e Especializados em Assistência Social (Creas), além de escolas, creches, Prefeituras-Bairro e pontos turísticos.

Andrade destacou que, desde 2013, a gestão municipal passou a ser prioridade nos projetos elaborados pela Prefeitura. “Por se tratar de uma cidade histórica, com 471 anos de fundação e que cresceu de forma desordenada, ainda há desafios a serem enfrentados. No entanto, o progresso vem sendo realizado”, afirmou.