Geral

Presidente nacional do PDT desembarca hoje em Salvador para discutir sucessão estadual

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, desembarca hoje em Salvador para discutir as costuras do partido em torno da sucessão estadual de 2022. Na capital, Lupi vai almoçar na residência do deputado federal Félix Mendonça Júnior, que comanda a sigla na Bahia, com o prefeito Bruno Reis (DEM) e o secretário de Saúde da capital, Leo Prates, virtual candidado à Câmara dos Deputados pelo PDT. A integrantes da cúpula da legenda, Lupi antecipou o desejo em também se aliar ao DEM na disputa pelo governo da Bahia, mas deixou claro que qualquer passo depende do aval prévio de Félix Jr. O presidente estadual da sigla, no entanto, garantiu a interlocutores próximos que qualquer posição mais clara só será tomada no últimos meses deste ano.

Made in Bahia
A visita de Lupi ocorre um dia após Ciro Gomes, pré-candidato do PDT à Presidência, confirmar a contratação do baiano João Santana para tocar sua campanha. Ex-marqueteiro de Lula e Dilma Rousseff, Santana é muito ligado ao irmão de Ciro, o ex-governador cearense Cid Gomes.

Cerco tricolor
Listado entre as apostas para compor a chapa da oposição na corrida pelo Palácio de Ondina, a partir de um eventual ingresso no PDT, o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, entrou no radar do MDB, de acordo com cardeais aliados ao DEM. O interesse seria atrair um nome com competitividade para que os emedebistas possam brigar por uma vaga no palanque principal dos democratas.

Palavra de Minerva
Tido como o mais influente cacique do MDB na Bahia, o ex-deputado federal Lucio Vieira Lima nega qualquer ofensiva para atrair Bellintani. “Gosto muito dele, é meu amigo, um cara capaz, planejado, realizador e altamente capacitado, mas não há essa conversa. Se existe, esqueceram de combinar com os russos”, disparou Lúcio.

Baú liberado
Relator da Faroeste no STJ, o ministro Og Fernandes liberou o acesso da desembargadora presa Maria do Socorro Barreto Santiago e de sua filha, a cantora Amanda Santiago, às delações que dão base à ação movida contra elas por suposta ligação com a venda de sentenças na Justiça baiana.

Ponto de parada
Um pedido vistas conjunto feito pelos deputados estaduais Tiago Correia (PSDB) e Soldado Prisco (PSC) impediu ontem a votação do projeto de lei que determina a devolução, ao patrimônio do estado, dos terrenos concedidos à iniciativa privada para viabilizar empreendimentos empresariais, mas que não foram efetivamente aproveitados. Pelo regimento, os dois parlamentares têm 48 horas para devolver a proposta à pauta de votações da Assembleia Legislativa.

Cara nova
Cerca de dois anos após o fechamento, a antiga loja da Comercial Ramos na Avenida ACM já tem futuro definido. Abrigará a quarta unidade na capital da rede Atacadão, braço do Grupo Carrefour para o segmento de hipermercados híbridos (atacado e varejo) no país.

“Toda a nossa solidariedade à prefeita, eleita  de forma democrática. Repudiamos violência e estamos certos de que a SSP vai garantir a proteção dela e de seu grupo político” – Adolfo Menezes, presidente da Assembleia, ao manifestar apoio a Eliana Gonzaga, do Republicanos, alvo de ameaças de morte desde que assumiu a prefeitura de Cachoeira, cidade pela primeira vez comandada por uma mulher e negra