Geral

Rodoviários de Alagoinhas paralisam atividades por causa de atraso no salário e ticket alimentação


Categoria, que deixou os trabalhos na terça-feira (12), já tinha realizado greve de 17 dias em dezembro de 2020 por causa da situação dos trabalhadores. Rodoviários paralisam atividades por causa de salário atrasado em Alagoinhas
Rodoviários da cidade de Alagoinhas pararam as atividades há três dias como forma de protesto, porque estão sem receber os salários de dezembro e o ticket alimentação. A categoria já tinha realizado uma greve em dezembro por causa da situação dos trabalhadores.
Desde terça-feira (12) quando os funcionários da empresa Viação Cidade Alagoinhas paralisaram as atividades, os pontos de ônibus do município estão cheios. Apenas os ônibus da empresa Alagoinhas Transporte Público estão rodando.
A paralisação é reflexo de uma outra greve, que durou 17 dias e terminou no dia 22 de dezembro de 2020. Os funcionários da empresa Viação Cidade Alagoinhas alegam não cumpriu o acordo feito entre as partes, já que o pagamento, que era para ter sido feito na segunda-feira (11) não foi realizado.
Rodoviários de Alagoinhas paralisam atividades por causa de atraso no salário e ticket alimentação
Reprodução / TV Subaé
A negociação entre a empresa e os funcionários é considerada difícil, porque a Viação Cidade Alagoinhas afirma que vai pagar o salário, mas vai descontar os dias não trabalhados durante a última greve.
Nesta quinta-feira (14), a Superintendência Municipal de Transporte de Trânsito de Alagoinhas disse que vai notificar o sindicato da categoria para manter pelo menos 30% da frota em funcionamento e que está em negociação com outra empresa para cobrir essas linhas.
O Sindicato dos Rodoviários de Alagoinhas afirmou que vai atender a notificação da prefeitura e o cumprimento da lei apesar de não ser autor da greve. A entidade também contou que orientou os funcionários a voltarem aos trabalhos e aguardar a negociação.
Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.
Assista aos vídeos do Bahia Meio Dia